História

A necessidade de ampliar as obras salesianas no Brasil, fez com que o padre Luís Lasagna viesse, em 1887 à cidade de Lorena encontrar-se com o Conde Moreira Lima, importante membro da sociedade e conhecido pela sua fortuna e obras de caridade. O Conde havia oferecido a doação de uma casa e um terreno para a instalação da terceira casa salesiana, que recebeu o nome de Colégio São Joaquim, em homenagem ao seu doador Joaquim José de Moreira Lima e ao Papa Leão XIII cujo nome era Joaquim Pecci.

Foto_01Em 3 março de 1890, com a direção do padre Carlos Tiago Peretto, foram iniciadas as matrículas e o dia passou a ser considerado a data oficial de sua fundação. Neste primeiro ano foram matriculados 90 alunos, 20 internos e 70 externos, sendo o Colégio desde início casa de estudos, oratório festivo, sede inspetorial e noviciado salesiano. Começavam assim, na cidade de Lorena, os ensinamentos pelo sistema pedagógico de Dom Bosco, conhecido como “Sistema Preventivo”, inspirado por Deus tendo como fundamento maior, a confiança dos educandos na pessoa do educador.

No ano de 1896, o Colégio São Joaquim recebeu o título de Casa Inspetorial, e ampliou suas funções e responsabilidades, principalmente no que se referia aos noviços e aspirantes à vida salesiana. Em 1898 as estruturas do Colégio São Joaquim são ampliadas com a construção do edifício central (parte da ala esquerda), por ordem do padre Tomé Barale, então diretor. Entre os anos de 1906 a 1911, a qualidade do ensino do Colégio São Joaquim é reconhecida, sendo comparado ao “Gymnasio Nacional”, privilégio concedido a raros estabelecimentos do Brasil. Em 1916 recebe resultado excepcional ao ser avaliado pelas bancas examinadoras oficiais vindas do Rio de Janeiro, consagrando-se como um dos melhores colégios do Brasil.

No ano de 1932 passa a denominar-se Ginásio São Joaquim. Entre os anos de 1942 a 1948 o internato do São Joaquim ficou reservado aos aspirantes à vida religiosa salesiana, sendo reaberto para os outros no ano de 1949. Em 12 de março de 1952 é inaugurada a Faculdade Salesiana de Filosofia, Ciências e Letras de Lorena e em 1971 o internato foi fechado.

Foto_02No ano de 1990 o Colégio São Joaquim completava cem anos e atingiu o auge, contabilizando mais de 1700 alunos matriculados. Diante deste crescimento, e para atender alunos a partir de três anos, é inaugurado o Dom Bosquinho. Em 2003 o Colégio São Joaquim abraça o material didático da Rede Salesiana de Ensino e mantém-se entre os grandes colégios do Vale do Paraíba. No ano de 2010, completa 120 anos com inovações, qualidade no ensino e valores fraternos. Já em 2014 recebe a implantação do material didático digital consolidando um grande passo frente às novas propostas tecnológicas. Em fevereiro de 2015, ano de seus 125 anos, mais um sonho realiza-se com a abertura do maternal, voltado para o atendimento de crianças a partir de um ano e meio. A pedagogia utilizada baseada no amor, sistema que procurava chegar ao coração, e por ele ao espírito, é desenvolvida até os dias atuais pelos salesianos de Dom Bosco no mundo inteiro.

Curiosidades do Colégio São Joaquim

  • O edifício do Colégio é desenho do arquiteto salesiano Domingos Delpiano.
  • O primeiro diretor, do Colégio São Joaquim, foi Pe Carlos Peretto.
  • O dia 3 de março é marcado como o dia da fundação do Colégio São Joaquim, pois foi neste dia em que as matrículas foram abertas.

Colégio São Joaquim, 126 anos educando para a vida!