IMG_8949

Palavra do Diretor

SOMOS FAMÍLIA! Cada casa, uma escola de Vida e de Amor.

(Estreia 2017 – P. Ángel Fernández Artime – Reitor Mor)

Querida Comunidade Educativa do Colégio São Joaquim, paz!

No alvorecer deste novo ano, se descortina para nós todas as reais possibilidades para reescrevermos a bela história de nossas vidas. Como seres em construção, dia a dia, como num “álbum” de família, registramos, entre as esperanças já realidades e os desafios concretos de nossa existência, a nossa crença na família, lugar privilegiado para evangelizar e ser evangelizado, para educar e ser educado! Somos família!

•Todos nós temos a intensa experiência pessoal de que nascemos numa família e «nascemos como família!», com a beleza e as limitações de toda família, mas em definitivo no seio de uma família. Família que é a realidade humana muito concreta onde se aprende a arte da Vida e do amor.

•É na família, no lar, que se recebe um nome e, portanto, a dignidade; se experimentam os afetos; se aprecia a intimidade; e se aprende a pedir licença, pedir perdão e agradecer.

•A família também é, nós o sabemos, a primeira escola para as crianças, o grupo de pertença imprescindível para os jovens e o melhor abrigo para os idosos.

•Ao mesmo tempo, não percamos a perspectiva do que significa a realidade da família e de Deus Comunhão-Amor, porque a família é um grande sinal-sacramento do Deus Trinitário, que é Comunhão-Amor.

Com visão salesiana não poderíamos falar do valor educativo e vital da família sem pedir, em primeiro lugar, que cada um se refira à experiência pessoal e, ao mesmo tempo, à experiência de família do Fundador da nossa Família Salesiana, Dom Bosco. Ele perdeu o pai quando ainda era uma criança. Sua mãe, Margarida, foi a sua primeira decisiva e transcendental educadora, e sabemos bem que Dom Bosco foi o que foi, porque teve a mãe que teve.

Ajudemos as famílias a tomarem consciência de que, antes de tudo, são escolas de vida, e que nesta missão, pessoas, grupos e instituições procuramos estar ao lado delas e ajudá-las. Nunca, porém, suprindo o que não pode ser suprido: o calor do lar, que é cada família, e que prepara para a vida, como autêntica escola, e que ensina com o amor a viver o Amor.

•A família é mais do que um ‘centro de rendas e de consumo’ ou um ‘ponto de referência afetiva’, na qual os adultos, especialmente os pais, assumem as próprias responsabilidades.

•Na família se tem uma comunicação intrafamiliar intensa, não reduzida a negociações instrumentais. Educa-se, mesmo exigindo e pedindo dos filhos responsabilidades éticas concretas, nas quais se podem expor e comunicar as íntimas convicções, e não só conservá-las ocultas por receio de perturbar.

•Quando se educa para a vida no cotidiano familiar, experimentamos a igualdade radical de cada um em relação às necessidades, aos direitos e deveres, como também ao respeito recíproco.

•Quando há espaço de vida capaz de promover relações reais de diálogo, de reciprocidade plena que, na verdade, exige o bem do outro, com respeito à pessoa e aos seus processos, quais sejam: •liberdade e responsabilidade; •autonomia e solidariedade; •cuidado de si mesmo e busca do bem de todos; •competitividade sadia e capacidade de perdão; •disponibilidade para a comunicação e também para a escuta e o silêncio respeitoso.

A família é, portanto, escola de vida porque oferece valores e também esperanças. Oferece proximidade e amor que orienta, corrige, previne, ajuda, cura e, enfim, salva. A Missão da Família Salesiana à luz do Sistema Preventivo de Dom Bosco é: fazer do mundo uma casa como um grande pátio familiar, de amigos, de tirocínio de vida, de encontro com Deus.

Auguro que tenhamos um ano novo abençoado e repleto de oportunidades para realizarmos a nossa missão evangelizadora e pedagógica! Somos de casa…, aqui nos sentimos bem! Somos família!

Com afeto salesiano,

P. Alexandre Luís de Oliveira – SDB

Diretor